(09-03-2011)


 

           Crianças atendida pelo CAPP – Centro de Aprendizagem Pró-menor de Passos – têm atividades novas neste ano. Na parte lúdica, foram introduzidas aulas de judô, às sextas-feiras, para meninos de 10 a 14 anos, com um professor voluntário. Também está sendo feita a seleção de vozes, para dois grupos de coral (crianças maiores e crianças menores), com Paulo Basílio, voluntário que trabalha há muito tempo com corais em paróquias de Passos. Paulo, que é professor de violão, também vai ensinar esse instrumento às crianças do CAPP. Foram feitas doações de 6 violões por membros da diretoria e a instituição pede à comunidade que doe violões, para que um número maior de crianças possa fazer as aulas.

 

          Mas conforme a nova orientação pedagógica do CAPP, o foco são crianças maiores, pois os cursos de orientação profissional serão ampliados. Neste ano, durante as matrículas só foram acolhidas crianças a partir do 2º ano escolar. Com isso, puderam ser abertas novas turmas do 6º, 7º e 8º anos. O CAPP está atendendo a 270 crianças e adolescentes, mas como em abril começam os cursos de padeiros e de eletricidade, esse número vai ultrapassar a casa de 300. Na orientação profissional, 70 alunos estão fazendo aulas de introdução à Informática, dentro de um programa de inclusão digital, na Fesp – Fundação de Ensino Superior de Passos. Esse curso acontece 2 vezes na semana, nos dois períodos, com aulas de 1 hora de duração. Para as meninas está sendo ministrado curso pré-profissionalizante para cuidados com a beleza: manicure, pedicure, depilação, maquiagem, sobrancelha, e cabeleireiro (lavagem, escova, tintura, penteados). Esse curso está sendo ministrado Terezinha Alves, Tess, profissional bastante conhecida no meio em Passos, onde trabalha com formação e capacitação de mão de obra.

 

          De acordo com supervisor pedagógico, Ir. Marcos Rodarte Júnior, um projeto novo é montar uma tecelagem artesanal e uma fábrica de bonecas de pano. O objetivo é tanto a formação de artesãos, que terão mais uma fonte de renda em casa, quanto a produção de produtos para a venda. Um grupo de que fizeram parte José Geraldo Freire, da diretoria, Maria Aparecida Gomes Lemos, administradora do CAPP, e o Ir. João Ando, além do supervisor pedagógico, esteve em Carmo do Rio Claro, no dia 11 de fevereiro. O grupo colheu informações sobre a produção de bonecas artesanais, como fornecedores de matéria prima, fabricante de tear, além de contratar uma artesã para ministrar a oficina aos alunos

 

 



Voltar
Rua Monfort, 10, Vila Rica-37901 003 - Passos, MG - Brasil - Fone: 3521 3979©Virtech Informática